02/04/2024 às 16h58min - Atualizada em 02/04/2024 às 16h58min

Estado promoverá série de inaugurações no Complexo Penitenciário nesta quinta-feira (4)

Entre as obras da Secretaria de Ressocialização estão a entrega do estande de tiro, módulo LGBTQIAP+, base de inteligência e biblioteca

Agência de Alagoas
Estante de tiro será inaugurado nesta quinta e beneficiará policiais penais e outros integrantes da segurança pública
Regina Carvalho/Ascom Seris


A Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) proporcionará uma maratona de inaugurações nesta quinta-feira (4). As entregas beneficiarão desde servidores que atuam no sistema prisional alagoano à população LGBTQIAP+ privada de liberdade, assim como a sociedade alagoana com ações de monitoramento e combate ao crime, além de reforço nas atividades educacionais que contemplam reeducandos.

 

Os gestores da Seris estarão a partir das 9 horas no Complexo Penitenciário de Maceió para a entrega do Estande de Tiro Policial Flávio Leandro Rodrigues; a Base de Inteligência da Polícia Penal e o módulo  LGBTQIAP+ no Presídio Cyridião Durval. Em seguida, no fim da manhã, será a vez da inauguração da Biblioteca Heliônia Ceres, na Penitenciária de Segurança Máxima (PenSM).

 

“Com relação ao estande de tiro é um equipamento que será entregue aos policiais penais e será muito importante para a categoria. Esperamos muito tempo por esse equipamento para fazer treinamentos. Sem ele, antes, solicitávamos às forças coirmãs ou instituições privadas. É um sonho antigo”, destaca o policial penal Carlos Voss, secretário Executivo de Gestão Penitenciária da Seris.

Carlos Voss acrescenta que o estande de tiro vai facilitar o deslocamento de tropa, com instalações modernas, em ambiente completo. O equipamento pode ainda beneficiar as coirmãs da força de segurança, com um único objetivo cuidar da segurança dos alagoanos.

 

“O estande homenageia o policial Flávio Leandro que foi um grande colega, e atuou como chefe do Grupamento de Escolta, um policial de conduta altamente ilibada. Uma pessoa responsável, que infelizmente em decorrência de um problema de saúde nos deixou”, explica o secretário executivo.  Flávio Leandro entrou na Polícia Penal em 2005 e faleceu em 2018, aos 42 anos.

 

Sobre o módulo LBTQIA+, Carlos Voss enfatiza que essa população aguardava o espaço há muito tempo, que passará a atender de forma ainda mais adequada às necessidades dos reeeducandos.        

 

Outro equipamento importante que será entregue na quinta-feira é a Base de Inteligência da Polícia Penal abrigará o Setor de Inteligência, estrutura importante para a segurança pública no combate à criminalidade, dentro e fora do sistema.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
ALAGOAS ATENTA NOTÍCIAS Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp