06/02/2021 às 13h00min - Atualizada em 06/02/2021 às 13h00min

Deputado Galba Novaes se reúne com secretário de Saúde e discute cumprimento de lei que obriga presença de profissionais da odontologia em hospitais de urgência

Alagoas Atenta com Cadaminuto

acompanhamento profissional qualificado, há redução significativa de doenças respiratórias entre pacientes adultos considerados de alto risco e mantidos em cuidados paliativos, principalmente os pacientes internados em UTI; e em tempos de pandemia, onde os casos mais graves de infecção pelo novo coronavírus evoluem para quadros de insuficiência respiratória; o deputado estadual Galba Novaes (MDB), esteve, nesta sexta-feira (05), junto com o secretário de saúde, Alexandre Ayres, para cobrar a efetivação da Lei nº 8.009 de abril de 2018 – de sua autoria, que determina a presença obrigatória dos profissionais da odontologia nestas unidades, a fim de garantir a assistência na higiene bucal dos pacientes em regime de internação.

A lei determina ainda, que seja garantida a assistência também para os pacientes que se encontram nas instalações hospitalares – mesmo que não estejam internados. No encontro, que também tratou de outras pautas relacionadas à categoria, estiveram presentes, a doutora Márcia Telma, presidente do Conselho Regional de Odontologia de Alagoas (CRO-AL); o doutor Carlos, vice-presidente do CRO; Raul Lessa, que também integra o conselho e a professora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Patrícia Nascimento.

O deputado Galba Novaes, destacou a importância dessa reunião que foi realizada após um pedido do Conselho de Odontologia e salientou a importância dos profissionais dentro das unidades de emergência.

“Nem todas as unidades públicas ou privadas contam com esse especialista no seu quadro de UTI; e a nossa Lei defende que nos cuidados que os pacientes internados em UTIs devem receber, precisa estar incluído o tratamento odontológico, com higiene bucal adequada, dada a relação entre as doenças bucais e outros fatores, a exemplo de problemas respiratórios. Essa reunião foi muito produtiva, e o secretário me garantiu que irá elaborar uma portaria cobrando o cumprimento da lei, que é de fundamental importância, tanto para os pacientes, como também para o fortalecimento dessa categoria de profissionais da saúde”, defendeu o deputado.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
ALAGOAS ATENTA NOTÍCIAS Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp